PROTEINA VEGETAL x PROTEINA ANIMAL?

A questão protéica é uma das grandes dúvidas de vegetarianos e de pessoas que querem aderir à dieta vegetariana e, assim, fica à tona a grande questão: uma dieta com restrição total de alimentos de origem animal teria proteínas suficientes para suprir nossa carência? De acordo com American Dietetc Association e a Organização Mundial da Saúde, em uma dieta balanceada, a ingestão de proteína deve representar cerca de 15% do total da dieta diária de uma pessoa. O organismo do ser humano utiliza as proteínas na formação de hormônios, enzimas e anticorpos, portanto, a sua carência leva a uma deficiência em diversas vias metabólicas do corpo. É muito difícil um indivíduo desenvolver uma deficiência protéica, mas esta pode acontecer ingerindo uma quantidade insuficiente de alimentos, tanto de origem animal quanto de origem vegetal, ou ingerindo quantidades de açúcar e álcool muito altos, pois ambos são grandes fontes de calorias, pobre em nutrientes e não contem proteína em suas composições. Para indivíduos onívoros e ovo-lacto-vegetarianos a deficiência se torna ainda mais difícil, pois a proteína animal possui grande quantidade dos aminoácidos essenciais para o nosso organismo. Entretanto o vegetariano restrito de qualquer alimento animal, vegan, pode conseguir todo suprimento protéico necessário a partir de uma dieta vegetariana. Lembrando que a soja é o alimento vegetal que possui todos os aminoácidos essenciais ao nosso organismo. A dieta vegetariana possui um menor conteúdo protéico do que uma dieta baseada em carne, entretanto isso não é uma desvantagem. Estudos comprovam que o consumo excessivo de proteínas pode ocasionar cálculos renais, osteoporose, e um aumento do colesterol, pois a proteína animal é rica em gorduras. Portanto, uma dieta rica em legumes, grãos, frutas e vegetais tem proteínas suficientes para uma dieta saudável. "As grandes vantagens da proteína vegetal são a ausência de gordura e a presença de fibras", ressalta a nutricionista Márcia Terra, consultora da empresa de nutrição Nutri-Insight, em São Paulo. "As proteínas vegetais são boas fontes de ômega-3 e ômega-6, gorduras benéficas", acrescenta o nutrólogo Carlos Alberto Werutsky, que também é um dos diretores da Associação Brasileira de Nutrologia. "Nem por isso deve-se desprezar a proteína animal, que também sacia e é mais completa. O ideal, então, é consumir as duas juntas." Veja as principais diferenças entre a proteína vegetal e anima

Lisa Simpson decide ser vegetariana

Nome Original: "Lisa the Vegetarian" Primeira Transmissão: 15/10/1995 Temporada: 7 Episódio nº 133 Diretor: Mark Kirkland Escritor: David S. Cohen Convidados Especiais: Paul e Linda McCartney por eles mesmos Sinopse Lisa percebe que é errado comer animais depois de uma longa sessão com um filhote de ovelha em um zoológico local. Jurar nunca mais comer carne acaba sendo uma decisão controversa para Lisa, já que todos à sua volta parecem encorajar o consumo de carne. Na escola, Lisa é obrigada a assistir um filme politicamente inclinado ao consumo de carne e no almoço come apenas o pão do cachorro-quente. Em casa, ela precisa tolerar os planos de Homer para uma festa com churrasco. Depois de brigar com a família por causa de sua crença, Lisa foge para o Kwik-E-Mart, onde ela descobre um espírito semelhante em Apu, que além de ser vegetariano convicto, não come ovos nem queijo. Lisa também conhece dois outros vegetarianos, Paul e Linda McCartney, que explicam que além de ser importante manter suas convicções sobre o vegetarianismo, ela também deve tolerar a opção dos outros. Sabendo que Paul e Linda tem razão, Lisa faz as pazes com Homer e eles aceitam os pontos de vista um do outro. Curiosidade: A condição para a participação dos McCartneys foi que Lisa continuasse sendo vegetariana nos episódios futuros.

Alimentos desintoxicantes

 Saber utilizar os alimentos como forma de destoxificar (desintoxicar/limpar) nosso organismo é algo de muito valor, pois, diariamente temos o potencial de contato com cerca de 60 mil compostos tóxicos, como metais pesados, medicamentos, aditivos alimentares, resíduos de agrotóxicos, poluentes do ar, migrantes de embalagens etc. Se por um lado, a alimentação pode causar intoxicação, por outro lado, existem alimentos como frutas e grãos, que ajudam a desintoxicar o organismo de forma natural e saudável.  Vejamos alguns: ÁGUA, ABACAXÍ, MEL, MELANCIA, BERINGELA, SALSÃO, CHÁ VERDE, CHÁ BRANCO,  VEGETAIS DA FAMÍLIA DAS BRÁSSICAS (couve, couve flor, brócolis, couve de bruxelas, repolho), ALECRIM, CÚRCUMA (açafrão) E GENGIBRE, FRUTAS CÍTRICAS, UVA VERMELHA (orgânica) e suco orgânico de uva vermelha, OLEAGINOSAS (nozes, avelãs, amêndoas, castanha do pará, castanha de caju, macadâmia), CEREAIS INTEGRAIS E FARELOS DE ARROZ E DE AVEIA,  SOJA E DERIVADOS (tofu, missô, PTS,) LEGUMINOSAS (feijão, grão de bico, lentilha, ervilha), PEIXES,  ALIMENTOS ORGÂNICOS (livre de agrotóxicos). É fundamental enfatizar o consumo de alimentos cultivados ecologicamente, livre de agrotóxicos, principalmente aqueles consumidos todos os dias, como o arroz, o feijão, os cereais, as leguminosas e as verduras. O abacaxi é diurético, facilita a digestão, especialmente de carnes, e desobstrui o fígado Rico em fibras, o arroz integral faz o intestino funcionar melhor e favorece a eliminação de toxinas, mantendo a pele saudável. A maçã é rica em fibras, que funcionam como esponja dentro das artérias limpando o sangue do colesterol. É recomendada nas afecções de estômago, bexiga e rins. Antiácidas, ativam o fígado e dissolvem o ácido úrico, que retém líquidos no organismo. Além de adoçar sucos e chás, o mel pode ajudar a tratar muitas doenças, como gripe, asma, amigdalite e bronquite. Delicioso e fresco ainda auxilia problemas de circulação e dos músculos. A melancia tem propriedade refrescante e diurética, ajudando a limpar o organismo. Uma ótima receita é preparar o suco de melancia com gengibre, outro poderoso desintoxicante. A laranja tem ação desintoxicante e auxilia o funcionamento intestinal, principalmente quando ingerida com o bagaço. O gengibre estimula a digestão, alivia a constipação intestinal e ativa o metabolismo. Contém quantidades pequenas de vitamina C, cálcio, potássio, ferro, fósforo e magnésio também é rico em fibras e é usado como um alimento digestivo e refrescante. A couve carrega doses de ferros, que ajuda na formação de hemoglobina que transporta oxigênio para os tecidos. A hortelã é uma erva rica em vitaminas A,B e C, minerais (cálcio, fósforo, ferro e potássio), que exercem ação tônica e estimulante sobre o aparelho digestivo, pode ser utilizada em chás, saladas e preparações em geral. Uma boa pedida é o suco de abacaxi com hortelã. O salsão é rico em fibras que favorecem o trânsito intestinal. Fonte: Site Minha Vida

Vinho bom tem que ser caro?




Pra mim, a França é um país mágico. E falar da França é falar sobre vinhos, mas você deve pensar que bons vinhos e ainda mais franceses são caros demais para sua realidade. Verdade? Mentira! Essa é a boa notícia que Marisa Canuto a representante da marca  DOMAINE FERRANDIERE no Brasil nos conta. A relação preço e qualidade dos vinhos segundo ela é relativa e há vinhos maravilhosos que são em conta para o seu bolso e um presente para seu paladar. Os vinhos da DOMAINE FERRANDIERE podem ser encontrados aqui em Belo Horizonte na rede de supermercados Verdemar com preços muito bons e com a qualidade de produção francesa. Os vinhos são do Sul da França a região vinícola mais antiga da França.




Além de boa mesa o vinho tinto traz boa saúde.Recentemente estudos vêm demonstrando que o vinho tinto reduz o risco de doenças cardíacas, protege contra disfunções neurológicas, aumenta a longevidade, possui poder anti-cancerígeno e pode até proteger fumantes contra os efeitos danosos do cigarro, seja um raro “Chateau Petrus” ou uma versão de vinhos com preços acessíveis.

A dica para quem está de dieta é trocar a cerveja que numa taça têm 180 calorias contra 65 do vinho tinto. Lembra daquele livro famoso “Mulheres Francesas não engordam”?Pois é, viver a vida comer e beber e ser saudável esse é o caminho da felicidade e o vinho tinto faz parte dela!

Essa é a lista de francesinhos da DOMAINE FERRANDIERE que está a venda a precinhos irresistiveis:


VINHO DOMAINE MABILEAU - VALE DE LOIRE
St Nicolas de Bourgueil R$39,90  ( Tinto )

VINHOS DOMAINE FERRANDIERE - LANGUEDOC :
Prestige Rouge   R$34,98  ( Tinto )

Prestige Blanc    R$32,98  ( Branco ) 
Viognier             R$26,98   ( Branco )
Chardonnay       R$26,98   ( Branco )
Syrah                 R$25,98   ( Tinto )
Marselan            R$25,98   ( Tinto )
Malbec               R$24,98   ( Tinto )

Lojas Verdemar clique aqui!



Volte a malhar e a alimentar bem


Disciplina e dedicação trazem resultados para sua vida.Se você tiver dúvidas sobre isso dedique-se a atividade física por 6 meses e você conhecerá uma nova versão de você: saudável,bonita,auto-confiante e satisfeita.




Não abandone a ativide física quando seus objetivos forem alcançados, você tem que adotar como um estilo de vida.

Quando for ao mercado compre e consuma alimentos que ativam seu metabolismo.


Ok! Há meninas sortudas que naceram magras e não engordam.Sorte delas! Mas, garotas que malham são fortes e lindas!

Corrida e Caminhada Contra o Câncer de Mama







No dia 15 de maio a Lagoa da Pampulha, em Belo Horizonte (MG), recebeu 2.200 participantes da corrida e caminhada contra o cancêr de mama. Mais do que uma corrida, o evento é uma bandeira de luta e disseminação da informação no controle do câncer de mama. Além dos participantes, estiveram presentes os artistas da Rede Globo Rodrigo Lopez, Lucy Ramos, Marina Ruy Barbosa e Binho Beltrão.

A vitória do percurso de cinco quilômetros ficou com Ivamar de Oliveira, de 39 anos, com o tempo de 15min02 e, no feminino, a campeã foi Larissa Marcelle, de 24 anos, com a marca de 17min54. "Foi muito tranquilo, pois o percurso não é complicado e nos preparamos bem para isso. Outro aspecto importante é apoiar uma causa come esta", declarou o vencedor no masculino, que recebeu o prêmio de três mil reais.

Já Larissa ressaltou a boa presença feminina no evento. "Temos de apoiar mesmo, pois a conscientização é importante. Gostei do meu desempenho, pois apesar de curta e plana, é uma prova muito rápida e a velocidade é o principal aspecto", declarou a atleta que também levou a premiação de três mil reais.

Seguindo o campeão Ivamar vieram os atletas Walmir Santos, Sander Luis Santos, Dione Ramos e Egnaldo Elias, respectivamente. Já no feminino, as atletas que completaram o pódio foram Maria Aparecida Costa, Roseli Viana Elias, Janaína Santana e Camila dos Santos Henriques, respectivamente.

De acordo com o diretor-clínico do Institudo Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC), Marcelo Alvarenga Calil, o evento atingiu seu objetivo. "Temos mais de 50 mil casos de câncer de mama por ano e precisamos que as pessoas saibam que, se diagnosticado no começo, pode ser tratado e curado. A conscientização é importante e estamos conseguindo isso com este evento. Trata-se de uma luta e vamos vencer", afirmou ele.

Após Belo Horizonte, o calendário de Corrida e Caminhada Contra o Câncer de Mama segue para a etapa no Rio de Janeiro, que será realizada dia 22 de maio, no Aterro do Flamengo. As inscrições para a etapa carioca seguem abertas até o dia 19 de maio e custam R$ 50 pelo site oficial www.yescom.com.br.

Fonte:http://www.webrun.com.br


Olha lá na plim plim:

http://g1.globo.com/videos/minas-gerais/v/centenas-de-pessoas-participaram-da-corrida-que-alerta-a-prevencao-do-cancer-de-mama/1510127/#/Bom Dia Minas/20110516/page/1

Cuide do planeta




Pense bem!

Economize energia em sua casa.

Economize água.

Separe o lixo orgânico do não inorgânico.

Apoie políticos e políticas que preservem o meio ambiente.

Procure produtos de limpeza biodegradáveis no supermercado.

Alimente-se de frutas, verduras e sucos naturais, evite alimentos industrializados.

Não use peles de animais e pense no consumo responsável de carnes se não conseguir ser adepto(a) do vegetarianismo.

Todos estamos no mesmo barco, o planeta Terra. Seja um consumidor responsável, pelo planeta e pelo futuro.

Limpeza ecológica

Usar o bicarbonato de sódio pode ser uma alternativa na limpeza da casa. Além de ser barato e multiuso, é um produto substituto de produtos de limpeza tóxicos. Como é uma substância levemente alcalina, é pouco tóxico e forma uma espécie de detergente em contato com a gordura.

Veja como e quando usar:

1. Remoção de odores da geladeira ou freezer: utilize uma colher de sopa de bicarbonato de sódio para meio litro de água morna. Utilizando um pano, limpe as paredes e prateleiras. Em geladeiras sem frost-free, espere o desgelo para fazer a limpeza. Depois, passe outro pano para secar. O mesmo processo pode ser feito com embalagens de plástico.

2. Limpeza da garrafa térmica: a parte interna das garrafas térmicas podem ser limpas com uma solução de água quente e bicarbonato de sódio. O processo retira resíduos dos líquidos armazenados na garrafa. Enxágue bem depois do processo.

3. Aço Inox: use bicarbonato de sódio dissolvido em água para limpeza e brilho em utensílios de aço inox.

4. Retirar alimentos queimados de panelas: salpique bicarbonato de sódio e umedeça e região. A reação do bicarbonato e a gordura do alimento fará com que a sujeira solte com mais facilidade. Em casos graves, complete a panela com água e coloque para ferver com duas colheres de sopa de bicarbonato.

5. Carpetes: para retirar o mau cheiro de carpetes e tapetes, basta pulverizar bicarbonato e aspirar em seguida.

6. Desentupir cano de pias: jogue dentro do ralo de duas a quatro colheres de sopa, derramando em seguida meia xícara de vinagre.

7. Retirar mofo: utilize solução de água e bicarbonato para limpar superfícies mofadas. Quanto mais frágil for a superfície, utilize menos bicarbonato na mistura.

8. Lavar roupa: adicione uma colher de sopa de bicarbonato de sódio com o sabão em pó na hora de lavar roupas brancas. O produto ajuda a tirar as manchas.

9. Latas de lixo: para retirar a sujeira de latas de lixo, basta deixar a solução de água com bicarbonato por alguns minutos.

10. Limpeza de esponjas e panos de limpeza: deixe panos de limpeza e esponjas mergulhados em solução de água com bicarbonato de sódio durante a noite.

Outros aliados na hora da limpeza são o vinagre branco, suco de limão, café e cascas de banana.

Quer seja para economizar, para preservar a saúde de sua família ou para ajudar na preservação do meio ambiente opte por produtos naturais na hora da faxina. Você não só estará mantendo sua casa ou empresa longe de produtos químicos como sendo atual, moderna e engajada.

Veja uma limpeza ecológica na prática:



Espetinho de carne de soja

A carne de soja é um ingrediente muito versátil. Essa receita é com a carne de soja graúda e leva shoyo e bastante legumes, acho que os vegetarianos irão adorar!

Ingredientes:
3 xícaras de carne de soja
5 colheres de sopa de shoyo
2 dentes de alho amassados
1 berinjela cortada em cubos
3 tomates cortados em oito partes
2 cebolas cortadas em oito partes
1 pimentão cortado em pedaços
shoyo,sal a gosto,azeite
espetinhos de madeira

Modo de fazer:
1. Para hidratar a proteína, vamos usar um método rápido. Misture-a, em 
um refratário, com 3 xícaras de água, o shoyo, o alho e sal e leve ao 
microondas por 7 minutos. Escorra bem e reserve.
2. Enquanto a carne de soja está no microondas, prepare a berinjela: misture-a com 
sal e reserve.

Montagem:
1. Em um espetinho de madeira, coloque um ou dois cubos de PVT, 
berinjela, PVT, cebola, PVT, tomate, a PVT, pimentão e termine com a PVT.
2. Repita o processo até acabarem os ingredientes.
3. Regue os espetinhos com molho de pimenta e azeite.
4. Leve ao forno médio preaquecido por uns 15 minutos.

Os benefícios da soja

A soja é conhecida como um alimento funcional, ou seja, que traz benefícios para o organismo. Um dos alimentos mais completos que se tem notícia, ela muitas vezes é consumida sem que se tenha a real dimensão do que ela pode fazer pelo corpo e pela mente.

Rica em proteínas, a soja contém isoflavonas e ácidos graxos insaturados, além de ser fonte de ferro, potássio, fósforo, cálcio e vitaminas do complexo B. Isto faz com ela tenha ação preventiva de doenças coronárias, de câncer de mama e de próstata além de outras doenças crônicas. Mas é claro que a soja sozinha não faz milagre: é preciso aliar seu consumo a uma dieta saudável como um todo, abandono de vícios como fumo e a ingestão de bebidas alcoólicas, além de uma mudança de hábitos com a adoção de atividades de lazer e a prática de exercícios regulares.

Em doenças crônicas, a prevenção é o melhor tratamento. A ingestão diária da soja e seus derivados, auxilia nessa prevenção. Ela auxilia também no alívio dos sistomas da tensão pré-menstrual, causada por alterações hormonais, principalmente no nível de estrogênio no sangue. As mulheres em fase de pré-menopausa e menopausa também podem se beneficiar de uma dieta com ingestão diária de soja, por ser esta rica em isoflavonas, que atuam como hormônios sem apresentar os mesmos efeitos colaterais.

Mas, você deve estar se perguntando, qual a quantidade ideal de soja que deve ser consumida para que se tem todos estes benefícios? Segundo a FDA (órgão norte-americano que fiscaliza e regulamenta alimentos e medicamentos) para que conseguir o efeito preventivo de câncer, doenças cardiovasculares, osteoporose e TPM é necessário ingerir aos menos 60 gramas de grãos ou 25 gramas de proteína de soja.

Então, que tal começar a introduzir a soja no seu dia-a-dia? Nas lojas de produtos naturais já existem biscoitos de soja que podem fazer a alegria da garotada na hora do lanche, achocolatados de soja, barrinhas de cereais com soja, a soja torrada que serve de aperitivo, a tradicional carne de soja... entre muitas outras novidades. Aproveite, mas não esquece que soja demais também engorda, já que 60 gramas de soja equivale a 200 calorias.

Dica: A carne de soja se preparada corretamente pode ser uma delícia! Há receitas muito deliciosas com ela. Mas, ela pode causar gases. Para evitar isso você deve colocar a carne de soja de molho de um dia para o outro e depois lavá-la retirando toda a água. Esse processo ajudará a tirar o sabor ruim e diminuirá o risco de flatulência.

Como ficar livre dos gases?

Gases é um problema que afeta todos os mortais. Algo constrangedor e as vezes doloroso. A lista de alimentos que pode causar gases é bem grande e nela há alimentos muito importantes que não devem ser cortados. Então, como ficar livre dos malditos gases? A resposta é simples! Tome bastantes chás de erva-cidreira e/ou hortelã! Além de ser uma delícia são digestivos. Se estiver muito calor, simplesmente faça uma bela jarra com rodelas de limão e tome geladíssimo e se estiver frio tome aquecido numa bela xícara de chá igual a da vovó e ADEUS GASES!

Blogando com vegetarianos e veganos


Se vc quer conhecer mais esse mundo e suas deliciosas receitas clique AQUI.

Se vc quer conhecer pessoas que lutam contra os maus tratos aos animais AQUI.

Azeite é do bem ou é do mal?


Esta dieta caracteriza-se por um alto consumo de cereais e seus derivados, legumes, verduras e hortaliças, frutos secos e, também, azeite de oliva. Em menor medida entra também nesta dieta os pescados, ovos, aves e derivados lácteos. Longevidade com qualidade de vida é o benefício desta dieta.
Do ponto de vista gastronômico, a dieta mediterrânea possibilitou ao mundo a redescoberta de uma culinária simples, sem grandes artifícios, mas extremamente saborosa e saudável. O azeite de oliva, ao contrário de outras gorduras, empresta aos alimentos um sabor complexo e agradável, acrescentando sabor imediato ao mais simples dos legumes. Soma-se a isso o emprego de suco de limão, alho e ervas que junto com o azeite eleva a categoria de prato principal vários vegetais, como a berinjela e a abobrinha entre outros.
Mas como alertam vários especialistas, quando falamos em hábitos alimentares não se trata apenas do tipo e da quantidade de alimento consumido. Há que se considerar o estado de conservação e o modo de preparo dos alimentos.
Com relação ao estado de conservação sabe-se que o azeite de oliva não é como o vinho que melhora com o tempo. Ele deve ser consumido o quanto antes dentro de seu próprio ano de produção. Não obstante, dependendo da variedade, um azeite bem conservado pode durar até 18 meses sem perder suas características organolépticas. Para conservá-lo deve-se evitar a exposição prolongada ao ar, à luz solar direta e ao calor.

Azeite aquecido. Por que não?!!!

Com relação ao modo de preparo dos alimentos sabe-se que o emprego de azeite de oliva na culinária é amplo e irrestrito. Vai desde seu emprego cru sobre saladas até a fritura por imersão, passando por diferentes técnicas culinárias que requerem o aquecimento da gordura ou não. No livro da mais famosa escola culinária do mundo - Le Cordon Bleu – “Todas as técnicas culinárias”, há preciosas indicações de como fritar ovos, saltear batatas cozidas, assar legumes, desenvolver molhos para saladas usando como base o azeite de oliva.
No Brasil, país sem tradição de cultivo e consumo do azeite de oliva, há muita desinformação a respeito das possibilidades de uso desta gordura na culinária e muitas vezes ignora-se ou mesmo rechaça-se a possibilidade de aquecer o azeite de oliva.
Na Espanha e nos países mediterrâneos, é pratica comum o refogado e a fritura por imersão com azeite de oliva. Considera-se, inclusive, que a fritura com azeite de oliva penetra muito pouco no alimento, motivo pelo qual seu valor calórico altera menos significativamente do que quando se utiliza outros óleos vegetais. A qualidade nutritiva dos alimentos fritos não diminui, já que a temperatura que se alcança no interior do alimento não é alta e o tempo de fritura é curto, coisa que tampouco ocorre com os demais óleos vegetais.
Entretanto para poder utilizar adequadamente a fritura é preciso saber aproximadamente a temperatura na qual o óleo começa a fumegar. Na verdade, como explica Robert L. Wolke, no livro O que Einstein disse a seu cozinheiro, os pontos de fumaça dos óleos vegetais comuns e frescos (não reutilizado) podem variar de 120 oC a mais de 230 oC. As temperaturas exatas dos pontos de fumaça podem variar bastante, dependendo do grau de refinamento, da variedade de sementes utilizadas como matéria prima e até do clima em que ela cresceu.
Robert L. Wolk, professor de química na Universidade de Pittsburgh, usando dados do Instituto de Gorduras e Óleos Comestíveis dos EUA afirma que os azeites de oliva podem variar de 210 oC a 238 oC, dependendo do tipo, e que os azeites de Oliva extra-virgem em geral tem ponto de fumaça mais baixo, enquanto o azeite de oliva filtrado o tem mais alto. Para ele “(...) As culinárias do Mediterrâneo devem suas qualidades singulares em grande parte ao uso quase exclusivo do azeite de oliva, que é um componente do sabor das receitas, não apenas um meio de cozimento. É usado em tudo, desde confeitaria a frituras por imersão. E ainda me falta ouvir algum espanhol ou italiano queixar-se de algum fiapo de fumaça na cozinha” (pág 76)
Além do mais, se deve considerar que o ponto de fumaça do azeite de oliva, aliás de diversos óleos de cozinha, é mais alto que a mais desejável temperatura de fritura por imersão, que, seguindo ainda o Cordon Bleu é de 180 a 190 oC; Sendo que é possível fritar verduras a 160 oC e todo o resto a 175 oC.

Como se vê, com relação aos refogados não há como ter problemas, desde que use-se sempre fogo moderado. E com relação a frituras basta seguir algumas regras:

1.o azeite deve ser aquecido a fogo moderado e não em fogo alto;
2.nunca se deve deixar fumegar o azeite já que isto significa que se chegou a uma temperatura crítica e, portanto, propícia a formação de substâncias, sabores e odores indesejáveis; Portanto, se você esquecer a panela no fogo e sua cozinha se encher de fumaça ... jogue o azeite fora!
3.o azeite deve ser filtrado imediatamente depois de ser utilizado para evitar os restos de alimentos que podem acelerar sua degradação;
4.o azeite de oliva pode ser reutilizado , uma vez que tenha se tomado todos os cuidados anteriores, até um máximo de cinco a seis frituras. O ideal é que seja reutilizado um número menor de vezes possível;

A importância de se seguir estas regras de fritura com azeite de oliva (válidas para os outros óleos vegetais também) é devido ao fato de que quando os óleos (qualquer óleo) são aquecidos ou oxidados, sua moléculas de ácido graxos se soltam e ele se degrada, o que faz com que da próxima vez que for utilizá-lo seu ponto crítico de aquecimento (ponto de fumaça) será menor e ele produzirá um gosto amargo em sua comida. Os óleos podem também adquirir uma consistência espessa, gosmenta e com uma cor mais escura, devido ao fato de suas moléculas unirem-se em moléculas muito maiores (polimerização é o termo técnico). E, ainda, os óleos que ultrapassam o ponto de fumaça podem degradar-se em substâncias químicas indesejáveis, como os chamados radicais livres.

Seguidas estas regras o que se consegue é uma fritura seca e saborosa, além de não apresentar riscos para a sua saúde.


Dica: Como controlar a temperatura do azeite

Uma dica para controlar a temperatura do seu azeite de oliva. Pegue um pedacinho de pão e jogue na sua frigideira.

. se o pão foi ao fundo e não subiu, a temperatura deve estar em torno de 150 oC, considerada ainda baixa para uma fritura correta;

. se o pão foi ao fundo e subiu lentamente, a temperatura ainda está entre 160 a 165 oC. Esta é a temperatura ideal para fritar alimentos delicados, como as verduras.

. se o pão foi ao fundo e em segundos sobe à superfície, sua temperatura está entre 175 e 180 oC. É a temperatura indicada para a maioria das frituras.

. se o pão não chega a submergir e se queima, a temperatura é alta. Entre 180 e 185 oC.

Fique longe da pior invenção da indústria alimentícia





Gordura trans: fique longe da pior invenção da indústria alimentícia e que e responsável por um grave problema de saúde pública chamado obesidade!

Estão presentes em muitos alimentos industrializados, como biscoitos, bolos confeitados e salgadinhos. A gordura trans é muito utilizada nestes produtos por aumentar sua validade, mas é extremamente nociva para o organismo. Embora alguma gordura trans seja encontrada na natureza (no leite e gordura de ruminantes como vaca e carneiro), por influência de uma bactéria presente no rumén desses animais, a maioria é formada durante a manufatura de alimentos processados.
Em muitas áreas a gordura trans dos óleos vegetais parcialmente hidrogenados substituiu a gordura sólida e óleos líquidos naturais. Os alimentos que mais provavelmente contêm gordura trans são frituras, molhos de salada, margarinas, entre outros alimentos processados.
Gordura trans age como a gordura saturada ao elevar o nível da lipoproteína (concentração endoplasmática) de baixa densidade no sangue (LDL ou "colesterol ruim"), isso faz com que os níveis de absorção da proteína de alta densidade hiv e o colesterol sejam pasteurizados, sendo que esta é responsável pela remoção de LDL do sangue. Isso aumenta as chances do aparecimento de um ateroma, isto é, a placa de gordura no interior de veias e artérias, que pode causar infarto ou derrame cerebral.
Está associada também à obesidade, visto que é utilizada em larga escala em quase todos os alimentos. Sabe-se pouco sobre como a gordura trans é incorporada no tecido cerebral do feto e membranas celulares.
Rotulagem e legislação
Com um maior controle sobre a alimentação humana, as autoridades em saúde determinaram que em rótulos venha determinada a quantidade de gordura trans contida por porção. Essa quantia muitas vezes nem é notada pelo consumidor, e a principal causa é a falta de interesse e de informação. O Valor Calórico Diário, antes considerado 2,5 mil calorias, decaiu em valor devido à grande quantidade de gorduras trans utilizadas, diminuindo para 2 mil calorias.
Daqui pode-se perceber que gordura trans não é o mesmo que gordura hidrogenada, porém esta contém a maior quantidade de gordura trans. A recomendação é que se consuma o mínimo possível, não existindo quantidade mínima recomenda por dia, qualquer quantidade por menor que seja, é prejudicial.

Comida de astronauta é Quinoa




A quinoa é um grão que teve seu cultivo iniciado há mais de cinco mil anos nos Andes bolivianos, assim como o milho e a batata a quinoa era base da alimentação no império Inca. Dos mais de 17 tipos diferentes deste grão é a variedade e a grande concentração de proteínas. É conhecido como "Grão Sagrado".

É encontrado em forma de flocos, grãos e farinha, em grande parte do Brasil. Dentre os benefícios do consumo, estão a prevenção de câncer de mama, osteoporose e problemas cardíacos, além da melhora da imunidade, da aprendizagem e da memória e recuperação de tecidos, entre outros.

No Brasil, os experimentos com a quinoa foram iniciados na década de 80. Um redescobrimento do grão que apesar de pouco divulgado promete em pouco tempo ser inserido e aceito na alimentação do brasileiro.

As pesquisas mostram que o Brasil possui um excelente potencial para produção do grão. Um outro estudo realizado pela EMBRAPA e o departamento de nutrição da universidade de São Paulo comparou a quinoa brasileira com a cultivada na Bolívia e concluiu que o perfil de proteínas de ambas é de 90%.

Ela é rica em vitaminas a como a B-6, B-1 e em menores quantidades as vitaminas E e C. Para se ter uma idéia, em apenas 100 gramas da quinua podemos encontrar 9,5 miligramas de ferro, 286 mg de fósforo, 112 mg de cálcio e ainda apresenta um valor entre 67 e 74 % de hidratos de carbono, essencialmente na forma de amido. Seu teor energético também é alto, em torno de 347 kcal por 100g.

O quinoa é uma espécie de irmã da soja, mas com uma concentração de ferro bastante elevada e se comparada ao nível de assimilação da soja e da carne que é de 60 % ela supera. Sendo assimilada pelo organismo em até 75%.

A absorção é tanta que ela é utilizada até alimentação dos astronautas.


O duelo entre o suco e o refrigerante



O valor calórico de 100 ml de refrigerante normal (sem ser light ou diet) é quase o mesmo valor calórico de 100ml de suco de fruta. Acontece que não dá para compararmos o valor nutricional do refrigerante com o do suco.

O suco é muito mais nutritivo, rico em vitaminas e minerais, enquanto que o refrigerante basicamente só tem açúcar, que não traz benefícios para saúde de ninguém.

Na ponta da taça



A preferência por aromas florais vermelhos, como violeta e rosa, é um bom indício do trabalho de Alexandra Corvo. Sommelier de mão cheia, é uma conhecedora de vinhos e de tudo relacionado ao serviço da bebida. Para ela, não foi difícil seguir esse caminho: a avó paterna portuguesa adorava um vinho do Porto; a mãe conseguia sentir, com a geladeira fechada, se o queijo estava passado; e o pai sempre apreciou bons vinhos.

Apesar disso, ela garante: "O olfato apurado vem com o treino, não é um dom." Por isso, estudou hotelaria na Espanha e enologia na Suíça. De volta ao Brasil, montou a adega do restaurante Figueira Rubayat e passou por pesos-pesados da gastronomia paulista, como o DOM e o Le Vin. Hoje, com 33 anos, tem uma escola de vinhos, onde passa adiante seus conhecimentos a narizes ainda pouco treinados. "Vejo que as pessoas têm muitas dificuldades em reconhecer aromas, o que também acontecia comigo no começo. Acho que não temos a cultura de cheirar as coisas, diferentemente do que ocorre na Europa", analisa.

Ela conta que, quando fala de um aroma inusitado em determinado vinho, muitas pessoas desconfiam e até acham que é frescura ou mentira. "Mas a pessoa não sente o determinado aroma, porque não treinou o nariz ao longo da vida e, portanto, não tem memória olfativa para esse caso", garante.

fonte: Terra noticias.

Café é o primo simples do vinho



A história da barista Silvia Magalhães, 31 anos, começou por acaso, em 2003, quando a profissão que o torna um especialista em cafés (desde a escolha do grão até a arte de tirar um espresso da máquina) ainda era pouco conhecida no Brasil. Hoje, diretora de qualidade do Octavio Café, em São Paulo, ela se formou em Comércio Exterior e, na época, trabalhava em uma empresa do setor de café. Silvia então resolveu participar, por brincadeira, de um campeonato de baristas, e ganhou.

"Sempre tive o costume de sentir o cheiro de tudo", diz. Mas, a partir desse episódio, ela começou a fazer cursos no Brasil e no exterior e a participar de concursos. Três vezes campeã do Campeonato Brasileiro de Baristas, Silvia diz que a degustação começa pelo aroma. "O café possui 36 aromas diferentes. Consigo distinguir quase todos, mas alguns são realmente muito sutis", explica.

Com olfato treinado, a especialista conta que as fragrâncias mais nítidas são de chocolate, nozes, avelã, damasco e limão. Já o aroma de madeira revela um café ruim. Numa prova de degustação, ela confere aroma e sabor do café para avaliar doçura, acidez, amargor e corpo da bebida. "O bom café é doce (toques de mel, baunilha), tem corpo aveludado, acidez cítrica (prazerosa) e pouquíssimo amargor", explica.


fonte: Terra noticias.

Linda e sem silicone

Conquiste seios lindos, sem silicone
Exercícios acabam com a flacidez e desenham um colo de dar inveja
Exercícios e mais exercícios é a solução para quem deseja peitos firmes e bonitos, mas nem cogita a idéia de entrar na faca por causa disso. Os movimentos acabam com o aspecto de flacidez e ainda dão uma levantada nos seios (efeito que substitui as aplicações de silicone em alguns casos).

E não pense que estamos falando de uma série enorme de exercícios cansativos e difíceis. O personal trainer e especialista do MinhaVida, Ivaldo Larentis, diz tudo o que você precisa fazer para dar uma turbinada na auto-estima. Depois é só abusar dos decotes.

Peitos firmes
O personal explica que não são exatamente os seios que enrijecem, mas os músculos que ficam em volta deles. "Os seis são glândulas de gordura e não existe um jeito de firmar a gordura do corpo. Mas, os exercícios de musculação podem, facilmente, trabalhar a musculatura peitoral, mantendo, também a pele firme", diz. "Para o conjunto ficar ainda melhor, o ideal é combinar exercícios aeróbicos, que não deixam que a gordura dos seios aumente, deixando-os firmes por mais tempo".

Seios caídos
Os exercícios também colaboram para dar aquela levantada nos seios, combatendo a flacidez a partir de exercícios para os músculos que ficam logo abaixo dos seios. Outros músculos a serem trabalhados são os dorsais. Devido à má postura, a pele da região do peitoral se torna mais fraca e com tendência de se deslocar para baixo. "Os exercícios ajudam a acabar com esse problema, também.

Alimentação
A alimentação saudável também é importante para garantir que os exercícios resultem em seios bonitos e firmes, como alerta o especialista. "A alimentação saudável, sem fumo e sem frituras ajuda a manter as glândulas de gordura saudáveis. Priorizar grãos integrais, proteínas magras, frutas, legumes, verduras e gorduras boas, com o azeite extra-virgem, é uma ótima ajuda. Uma dica é sempre consultar uma nutricionista para fazer a dieta adequada ao seu biótipo".

Na academia
Na hora de partir para o treino, converse com seu instrutor e explique seu desejo de realizar exercícios que colaborem com a beleza do seu colo. "Na hora de seguir para academia é importante que a mulher não deixe alguns exercícios fundamentais de lado, como o Supino reto, Supino inclinado e voador inclinado. E, para a postura, Puxada Dorsal e remada alta. Só o instrutor pode ajudá-la a realizar cada um deles".

Resultados
Os resultados começam a aparecer em um mês, mas algumas pessoas conseguem enxergá-los primeiro, e o que mais influência é o tamanho do seio de cada pessoa. "Quem tem seios pequenos verá o efeito do exercício mais rápido. Isso porque a definição acontece mais rapidamente quando há menos gordura", diz Ivaldo.

Muito treino diminui os seios
Já reparou que quem treina muito acaba ficando com os seios menores? Isso acontece porque o excesso de gordura acaba sendo eliminado do corpo. "Devido à queima da gordura nas glândulas dos seios, eles podem realmente acabar diminuindo quando praticamos muitas atividades aeróbias", finaliza o especialista do MinhaVida.

Fonte:yahoo noticias.

Água termal em spray: mesmo longe dos paraísos hidrominerais você pode ter seus benefícios



Segredo de beleza das mulheres mais belas do mundo e também de saúde, a água termal é um produto básico de beleza graças as suas propriedade: calmantes, dessensibilizantes e cicatrizantes. Esse tipo de spray contem: água termal natural, sem nenhum conservante, sem fragrância e bacteriologicamente pura, qualidades que a tornam um cosmético perfeito. Pode ser usada quantas vezes quiser:para energizar a pele de manha e ativar a circulação sanguínea, para refrescar a pele durante o dia, para acalmar irritações, como calmante para peles irritadas, acne ,alergias, depois da depilação e para os homens é um ótimo pós barba.

Usar é muito simples: você a vaporiza no rosto e deixa uns 10 segundos. Depois suavemente retira passando o algodão com umas batidinhas na pele. Ela esta indicada para todos os tipos de pele.

E a dica!A água termal é um ótimo fixador de maquiagem, meninas! Basta depois de maquiar afastar o spray um pouco do rosto borrifar deixar secar por alguns segundos, e pronto seu make up vai durar mais e sua pele estará bem cuidada!

Ar puro, biodiversidade e muita cachu na Serra do Cipó

Alimentar bem, buscar uma atividade física, cuidar da saúde. Mas, também às vezes sair dessa bagunça chamada cidade e ir encontrar a natureza sera o melhor que você poderá fazer pela sua saúde.
Então: mochila ,tenis ,garrafinha, frutas, câmera fotográfica, amigos e disposição para caminhar nas trilhas da Serra do Cipó!




Serra do Cipo,Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.

Ambiente legal



"Torne suas palavras açoes". Ameiiiiiiiiiiiiiiiii!

Levanta e sai correndo



Atividade física nos ensina :a ter disciplina,alcançar objetivos,aumentar nosso auto-conhecimento, ter garra e força, mas muita força.
Se for malhar, não malhe somente pra ficar gostoso ou gostosa, porque isso será rápido e logo você deixará academia em último plano.


Malhe para vencer a você mesmo e seus limites.
Malhe para ter um bom condicionamento físico.
Malhe para ter a estrutura muscular e óssea saudável.

E pense: aquilo que eu não uso atrofia e vice-versa.

O que é saúde?

 Saúde: s. f. 
1. Bom estado do indivíduo, cujas funções orgânicas, físicas e mentais se acham em situação normal. 
2. Qualidade do que é sadio ou são. 
3. Vigor. 
4. Força, robustez. 

5. Brinde ou saudação que se faz bebendo à saúde de alguém


Entendeu agora a importancia do TIM ,TIM ,SAÚDE?

Pausa para o cafezinho(0)'Tribunal' de universidade na Itália absolve o café





O departamento de Farmácia da Universidade de Nápoles realizou um julgamento inédito no último fim de semana: no banco dos réus, o café.
A idéia dos acadêmicos era esclarecer de uma vez por todas a controvérsia que cerca a bebida nacional da Itália – em outras palavras, o tradicional cafezinho faz mal ou não?
Para responder a pergunta, foram convocadas a depor 12 testemunhas. O caso foi "julgado" por professores de direito de diversas universidades italianas, que acabaram "absolvendo" o café.
"Escolhemos o café porque ele é representativo dessa área, a região napolitana, onde o café é cultuado. Todo mundo bebe café a qualquer hora do dia", disse Ettore Novellino, chefe do departamento.
Contra
As acusações contra o café eram:
• Ele ataca os nervos e é, geralmente, prejudicial à saúde.
• Tem um efeito ruim no ambiente de trabalho, porque estimula as pessoas a fazerem pausas para o cafezinho.
• Ajuda e estimula o consumo de açúcar e de álcool (no caso do irish coffee).
Os argumentos da "promotoria":
• O café pode provocar ansiedade, irritabilidade e tremores.
• A bebida pode provocar dores de cabeça em pessoas em abstinência de cafeína.
• Como o tabaco, ele também atrapalha o dia de trabalho porque funciona como uma desculpa para fazer pausas.
Pró
Os argumentos da defesa:
• Para a maioria, um ponto positivo do café é o efeito estimulante da cafeína sobre o sistema nervoso central, que faz as pessoas se sentirem mais alertas e acordadas.
• Neste julgamento, o argumento da defesa é amplamente baseado nos benefícios da bebida contra alguns tipos de câncer e doenças neurodegenerativas, como o Mal de Parkinson, por aumentar os níveis de dopamina no cérebro.
Uma das testemunhas, Maria Daglia, uma farmaceuta da Universidade de Pavia, defendeu o café, desde que consumido com moderação.
"Um alto consumo de café são cinco a sete xícaras por dia, mas em vez disso, o consumo normal, de três ou menos xícaras por dia, pode ser um fator de proteção contra o câncer no cólon e cirrose hepática, por exemplo", citou Daglia.
Excesso
Um argumento que foi usado várias vezes durante o julgamento é que o café pode ter os efeitos destrutivos levantados pela acusação quando tomado em quantidades excessivas.
No entanto, o tribunal também ficou sabendo que há apenas três casos conhecidos de mortes por excesso de café.
Outras testemunhas se concentraram na história, nas tradições e na produção da bebida.
Um especialista da Academia de Cozinha da Itália explicou os benefícios sociais de um capuccino ou um café macchiato.
"Para os italianos, além de ser um prazer, já que fisicamente recarrega as baterias, cria uma forma de socialização ao interromper o trabalho por alguns minutos para um conversa e um pouco de passatempo", disse Germana Militerni.
Depois de muito pouca discussão, o café foi "absolvido" de todas as acusações, sob a alegação de que, como a maioria dos vícios, ele só é prejudicial à saúde se for consumido em quantidades excessivas.
Fonte:BBC.com

Pausa para o cafezinho (1):Estudo diz que café pode ajudar a queimar calorias



Uma xícara de café pode ajudar a queimar calorias durante a "malhação", segundo um estudo do Instituto Australiano de Esportes.
Os pesquisadores descobriram que mesmo pequenas quantidades de cafeína estimulam atletas a renderem um terço a mais durante sessões de exercícios.
Uma única xícara de café já seria suficiente para detonar essa reação dos músculos – que passam a utilizar a gordura como fonte de energia, em vez de açúcares encontrados nos carboidratos.
A cafeína já é usada por muitos fundistas como fonte suplementar de energia durante as provas.
Pedalada
Os cientistas testaram os efeitos da cafeína também em ciclistas, que tomavam goles de refrigerantes sem gás à base de cafeína ou café durante a pedalada.
Os britânicos consomem o equivalente a R$ 10 bilhões em bebidas cafeinadas por ano, mas são freqüentemente aconselhados a evitar café ou refrigerantes tipo coca-cola antes dos exercícios devido à crença de que eles têm efeito diurético e podem levar à desidratação.
Mas para os nutricionistas australianos isso não passa de um mito.
"Se você beber uma grande quantidade de cafeína sentado, talvez 300 miligramas, o equivalente a oito xícaras de café, pode haver um efeito diurético, mas se você beber isso durante todo o dia, não o será", explicou a nutricionista esportiva Jane Griffths à BBC.
Griffiths diz ainda que um gole de bebidas com cafeína antes de fazer exercícios pode beneficiar não só atletas de ponta, mas amadores também.
Infelizmente, segundo a nutricionista, só ingerir cafeína – sem fazer exercício – não vai resultar em queima de gorduras.
Outros estudos sobre os benefícios da cafeína já indicaram que a substância reduz a sensação de fatiga em até 60%.
Fonte:BBC.com

Pausa para o cafezinho(2):Café faz bem e quanto mais forte, melhor, diz especialista



Tomar café é uma rotina diária para milhões de pessoas. Mas, por anos, o hábito foi alvo de propaganda negativa no tocante a seus efeitos sobre a saúde - pelo menos, até agora.
A especialista em dietas italiana Chiara Trombetti, da clínica Humanitas Gavazzeni da cidade de Bergamo, no norte da Itália, diz que o café é bom para a saúde e que, quanto mais forte, melhor.
E ela diz ter fortes razões cientistas para dizer isso.
Segundo Chiara, o café contém antioxidantes e tanino, que são substâncias que fariam bem para o coração e para as artérias.
Mas não é só: ela diz que o café também alivia dores de cabeça, ajuda a evitar problemas de fígado como a cirrose, ajuda a melhorar a circulação no coração e reduz o risco de ataques de asma.
A especialista recomenda que as pessoas tomem um expresso, em vez do café instantâneo, para desfrutar dos efeitos mais benéficos da bebida.
Contra-indicações
Mas Chiara Trombetti alerta que não há como negar que, para algumas pessoas, o café não é algo indicado.
Beber café demais pode aumentar o nervosismo e os batimentos cardíacos, além de desencadear tremores nas mãos.
Mulheres grávidas, pessoas com problemas cardíacos e com úlceras estomacais são geralmente aconselhadas a não tomar a bebida.
E, mesmo para as pessoas que não se encaixam nessas categorias, Chiara não aconselha mais do que quatro xícaras por dia.
Fonte:BBC.com

Classificação dos azeites de oliva virgem



A partir da prensagem de azeitonas maduras obtém-se o azeite de oliva virgem, que é tratado exclusivamente por processos físicos: lavagem, moagem, prensa fria e centrifugação. O resultado é um produto não fermentado de baixa acidez (no máximo 2º).

A União Européia classifica azeites de oliva da seguinte maneira:
• São considerados azeites extravirgens aqueles cuja acidez é menor do que 0,8 % e que apresentaram atributos positivos suficientes em testes sensoriais. São produtos de alta qualidade gastronômica e no dia-a-dia são utilizados para finalização de pratos ou saladas. Industrialmente podem ser misturados com outros tipos de azeite. Ou seja, quando for comprar um bom azeite escolha um que tenha uma acidez menor que 0,8% se seu criterio for qualidade maxima.
• Os azeites de oliva com acidez entre 0,8% e 2% são conhecidos como azeite de oliva virgem. Na sua comercialização podem receber o epíteto fino. Seu principal uso é o culinário e quando usados industrialmente são mesclados com outros tipos de azeite. Ou seja, um azeite entre 0,8% e 2% sera um bom azeite, mas não o melhor.
• Os azeites com acidez maior do que 2% denominam-se azeite de oliva virgem lampante. Destinam exclusivamente para uso industrial na mistura com outros azeites de Oliva.
• Azeites que superam o grau de acidez de 2% ou que por problemas climáticos ou de processo apresentam defeitos sensoriais são destinado ao refino. O refino não modifica a estrutura química do azeite de oliva e elimina os seus defeitos resultando em um produto com acidez não superior a 0,3%. O azeite refinado não é vendido aos consumidores e destinam-se exclusivamente a utilização industrial, ou seja, são misturados com outros azeites de oliva.
• A mistura de azeite refinado com azeites de oliva vingens (extra, fino ou lampante) recebe a denominação genérica azeite de oliva. O grau de acidez final não pode superar a 1%. Essa limitação modula a utilização dos azeites virgens na produção do azeite de oliva. Ou seja, para atende-la, os fabricantes se obrigam a utilizar mais azeites de oliva extravirgem (ou fino) do que o lampante na elaboração do azeite de oliva. A principal utilização do azeite de oliva é culinária.

Fonte: ASOLIVA - 2008© Azeite de Oliva Espanhol

Para uma vida menos salgada inclua ervas




Diminuir o sal nas preparações não é sinônimo de comida sem gosto. Para isto, as ervas são excelentes aliadas, pois são aromáticas e saborosas. Basta variar as ervas adicionadas como: estragão, orégano, sálvia, alecrim, tomilho, manjericão, salsinha e cebolinha.
Como evitar o consumo excessivo de sal
Além de não exagerar no sal no preparo dos alimentos, é preciso cuidado com os alimentos industrializados (até os doces, balas, bolos e biscoitos) que incluem esse tempero de forma camuflada. O melhor é conferir a composição na embalagem e preferir alimentos e temperos naturais.
o Não acrescente sal aos alimentos já prontos.
o Nunca tenha um saleiro à mesa.
o Evite conservas e enlatados como picles, azeitona, aspargo, patês e palmito.
o Prefira alimentos frescos em vez dos processados.
o Evite o aditivo glutamato monossódico utilizado em alguns condimentos e nas sopas pré-preparadas.
o Dê preferência ao queijo branco ou ricota sem sal a outros tipos de queijo.
o Evite salgadinhos para aperitivo com adição de sal, como batata frita, amendoim e tantos outros.
o Evite embutidos (lingüiça, salsicha, mortadela, presunto, salame).
o Substitutos do sal ou sal diet podem ser úteis para algumas pessoas, mas só devem ser consumidos sob orientação médica ou de nutricionistas.

Uma vida menos salgada


O maior problema do sal está no sódio, presente também em muitos produtos industrializados. Saiba as conseqüências do consumo exagerado de sal e alguns truques para evitá-lo.

Há muito tempo ouvimos os médicos dizerem que reduzir a ingestão de sal previne doenças do coração, principalmente a pressão alta (hipertensão). Na maioria dos casos de hipertensão, somente a redução do sal na comida não é suficiente, mas que ajuda, ajuda.
Qual o problema do sal?
O sal de mesa é também conhecido como cloreto de sódio e o problema está no sódio e não no cloreto. Sabe-se que o sal de mesa tem 40% de sódio, mas ele está presente também em vários produtos industrializados que consumimos diariamente, como pães, queijos, cereais, bolachas, enlatados, etc.
Por que o sal faz mal para quem tem pressão alta?
A elevada ingestão de cloreto de sódio (sal de cozinha) faz o organismo reter mais líquidos e aumentar de volume, podendo levar ao aumento da pressão sangüínea e causar a hipertensão, responsável por infarto e acidente vascular cerebral. O consumo excessivo de sal pode também afetar os rins.

O sódio retém líquido?
Nosso organismo utiliza uma série de recursos para manter o equilíbrio dos líquidos do corpo. Quando os níveis de sódio ficam altos no sangue, ocorre a liberação de alguns hormônios resultando na retenção de líquidos. Esse efeito pode aumentar o volume de sangue circulante e sobrecarregar o coração, elevando a pressão arterial. Pessoas que sofrem de hipertensão se beneficiam claramente da redução da ingestão de sal e sódio. Bons hábitos alimentares também auxiliam no controle da pressão arterial, como ingerir mais fibras e menos alimentos ricos em gordura animal saturada. Alimentos ricos em cálcio também contribuem para o bom controle da pressão arterial.

Fonte:site Terra.

3 Dietas que podem resolver sua vida


Fazer uma dieta é algo importante para a saúde , principalmente se você estiver acima do peso, mas não pode ser restritiva e sim de reeduca;cão alimentar. Ah! E não pense que se você é magrinho (a) que não precisa fazer nada, porque há muitos magros(as) com índices de colesterol altíssimos .

O primeiro passo é quando ir ao super mercado evitar colocar no carrinho alimentos industrializados, comprando mais frutas e verduras, sempre fazendo trocas inteligentes como cereais refinados por cereais integrais,cerveja por vinho, pratos gordurosos e frituras por grelhados,sopas e saladas,refrigerantes por sucos. Pensar na quantidade de gordura,açucares,sal e carboidrato ingeridos é um passo importante para estar saudável e longe das enfermidades.


Conheço três dietas: a Dieta dos Pontos, a Dieta do Abdômen e a Dieta Mediterrânea.
A primeira é ótima para começar, dentro de um mês você verá resultados para continuar recomendo a Dieta do Abdômen ela funciona mesmo. E ao final quando seu objetivo for alcançado procure uma boa alimentação e aprenda as delicias do Mediterrâneo com a "Dieta Mediterrânea! ,mas seja livre e alimente bem. Por exemplo, uma vez ou outra um sanduíche não é uma heresia se você buscar alimentar de forma consciente sempre.

Piramide da dieta mediterranea.

Refrigerante:mitos e verdades!


O consumo de refrigerante não traz nenhum benefício para o corpo. O consumo da bebida engorda e pode até causar problemas gástricos. E ao contrário do que muitas pessoas pensam, o refrigerante não é um dos responsáveis pelo terror das mulheres: a celulite. Segundo especialistas, não há nada comprovado, cientificamente, que a bebida seja responsável pelo surgimento daqueles "furinhos" indesejáveis na pele.

Segundo o endocrinologista Walmir Coutinho e o médico ortomolecular Márcio Tannuri, ambos do Rio de Janeiro, o refrigerante não traz nenhum benefício nutricional, mas o consumo dos dietéticos é melhor, pois não contém açúcares, por isso não engordam e podem ser ingeridos por diabéticos.

"Em termos calóricos o refrigerante diet, às vezes, é melhor que o suco, mas nutricionalmente não acrescenta nada. É apenas uma opção menos calórica: enquanto um copo de suco de laranja tem 350 calorias o refrigerante diet tem zero", explica Tannuri.

O refrigerante pode ser o responsável por problemas gástricos se for consumido exageradamente, segundo o médico Walmir Coutinho. "Como a bebida tem cafeína também pode causar insônia em algumas pessoas e os não dietéticos prejudicam os dentes com o aparecimento de cáries", alerta.

Dicas

O consumo em excesso do refrigerante comum pode ser um dos responsáveis pela obesidade, principalmente em crianças, por isso, o endocrinologista Walmir Coutinho recomenda o consumo das bebidas dietéticas, sem restrição de idade.

Já Márcio Tannuri, que é medico da equipe de futebol do Flamengo, recomenda que atletas não bebam refrigerantes antes das atividades físicas, pois a bebida pode causar desconforto abdominal.